Atacama – Uma Viagem Pelo Tempo (Roteiro Histórico)

Visitar o Deserto do Atacama é fazer uma viagem através do tempo. Vamos lhe indicar onde você pode imergir em cada período histórico.

Iniciamos nosso tour pelo espaço. É aqui que são realizados os estudos mais avançados sobre o Cosmos, com a mais antiga história que conhecemos – sobre nossa galáxia e planeta. Para conhecer mais sobre isso, como já mencionado no último post, você pode ir até o ALMA ou fazer um tour astronômico. Também assistimos um documentário maravilhoso que super recomendo, “Nostalgia for the Light”.

_DSC0189 (2)
Tour Astronômico San Pedro de Atacama

No Museu de Calama é possível ver de pertinho fósseis de dinosauros que viveram nessa região. Aqui descobrimos o alto poder de preservação do deserto.

IMG_4961
Atacameños com máscara de pele – Laboratório do Museu de Arqueologia de Calama

Depois, você pode ver os vestígios do estilo de vida da espécie humana enquanto no período nômade. Ver seus passos em direção ao domínio dos conhecimentos necessários para fixar morada, como agricultura e domesticação animal. Esse período você pode acessar com as inscrições rupestres dos atacameños, povos originários do Deserto do Atacama. Há um sítio em Yerbas Buenas, comunidade no caminho para o Valle del Arcoiris. Além das inscrições, nos museus de História e Arqueologia – vimos corpos de cerca de 2050 anos, preservados e ressecados, onde a pele ainda cobria totalmente os ossos, aderindo-se a eles (não era possível fotografar os corpos).

 

IMG_5339
Inscrições Rupestres comunidade de Yerbas Buenas

Avançando no tempo, temos a oportunidade caminhar por ruínas da civilização Inca – no Pukará de Quitor. Uma das questões que mais me impressiona na cultura Inca era sua estratégia de expansão. O confronto militar era seu último recurso.

Haviam várias possibilidades de acordo entre o governo Inca e o governo da área em que eles gostariam de se juntar, mas de modo geral, eles ofereciam:

  • Que o governo local ainda tivesse algum poder na região (posição de destaque);
  • Ofereciam seus conhecimentos: agricultura, refrigeração, etc;
  • Não destruíam os conhecimentos locais, muito pelo contrário, aproveitavam para aprender e enriquecerer seu conhecimento;

 

Assim, os Incas puderam se tornar uma das maiores civilizações do planeta e adaptar-se a condições geográficas totalmente distintas. Desde de desertos com pouquíssima água à selvas tropicais. Do regiões desde o nível do mar até os pontos mais altos do continente americano. Foi bem estranho comparar o Machu Picchu com as ruínas do Deserto do Atacama. Algumas similaridades na técnica de construção, porém cenários e matéria primas bem diferentes.

IMG_5737
Ruínas Incas – Pukará de Quitor

Após os Incas, a ainda recente colonização Espanhola. Principalmente evidenciado no centrinho de San Pedro de Atacama, nas construções governamentais e igrejas.

O sinal mais concreto do presente é a globalização – desde as comidas ofertadas nas cidades até as línguas ouvidas na rua, dos viajantes de todos os cantos do mundo.

Que viagem no tempo hein?! Qual desses períodos te desperta mais curiosidade?

O que achou desse roteiro histórico? Deixe seu feedback nos comentários!


Dica Roteiro Histórico para Atacama

Dia 1

Manhã: Pukará de Quitor, ruínas Incas

Tarde: Inscrições Rupestres em Yerbas Buenas e aproveitar para ver o Valle Arcoiris

Noite: Jantar Degustação no restaurante Baltinache (San Pedro de Atacama)

Dia 2

Manhã: Museu Arqueológico em Calama

Tarde: livre

Noite: Tour Astronômico

1 Comment

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s