Bariloche – Superou as Expectativas!

Casas com ótima estrutura, culinária de nível internacional e um cenário de tirar o fôlego! Esse é meu resumo dessa linda cidade localizada na Patagônia Argentina.

Por ser na Patagônia, eu tinha a expectativa de que a cidade ir ser mais roots, menos estrutura. Porém, é vísivel que bastante dinheiro circula na cidade. Quer ter uma ideia do estilo de casas e cabanas de neve que você pode ficar por lá? Faz o teste, entra no Airbnb e veja por si mesmo! Gente, casas de filme – com lareira e vista pro lago ❤

20190806_161759.jpg
Vista do nosso Airbnb em Bariloche e minha estação de trabalho

Bariloche, para surpresa de muitos, é tanto um destino para se visitar no verão quanto no inverno. Fica localizada numa região de lagos glaciares lindíssima. A proprietária da casa que alugamos nos falou que na verdade há mais turistas lá no verão do que no inverno.

Independente da estação, é um lugar lindíssimo e o visitante terá muito o que fazer.

Vou dar um panorama geral da cidade no inverno para nortear o planejamento de quem quer ir conhecer.

Geralmente não tem neve na cidade, apenas nas montanhas ao redor dela. Isso facilita a locomoção, mas também significa que o turista terá que subir a montanha (os cerros) para ver a neve de perto.

20190822_112904-PANO.jpg
Vista Cerro Catedral, Bariloche

Cerros: há várias montanhas que o visitante pode subir para ter um linda vista dos lagos. O Cerro Otto e Catedral são os melhores para ver neve, pois são mais altos (Otto aprox 1000m e Catedral 2000m). Nesses dois é necessário pagar o bondinho que te leva até o topo (cerca de 800 pesos em 2019). Há um outro que eu gostaria de destacar, o Cerro Campanário. Você pode subir gratuitamente por uma trilha de 30 min ou pagar 300 pesos para o bondinho.

O melhor local para se ver neve, disparado, é o Cerro Catedral, a montanha de ski. A boa notícia é que você não precisa ser esquiador para subir no topo da montanha, curtir a neve e a impressionante vista. Na bilheteria você pode comprar um ticket de pedestre e subir pelo Cabo Carril. O Cerro Catedral te oferece mais neve, mais espaço, melhor vista, mais opções de lazer, mais opções de comida, etc. Se você quiser ir conhecer os dois, tudo bem, mas se tiver que escolher um, com certeza recomendo o Cerro Catedral;

20190824_113013.jpg
Vista Cerro Otto, Bariloche

Refúgios: são uma espécie de hotéis fazenda que oferecem boa vista, comida e atividades para os visitantes. Paga-se como se fosse um day use.

Quando ir para ver neve

Os meses de junho, julho e agosto são aqueles que geralmente há neve. Mas junho é início da temporada, então você pode dar azar e ainda não ter nevado muito. Julho é o mês com maior quantidade de neve, mas também de turistas. Fomos em Agosto e gostamos bastante.

Roupa de inverno: Você consegue comprar uma calça e jaqueta impermeável por bom preço na Alpine Ski, que é uma marca Argentina com loja no centrinho. Há outra marca local, porém sem tanta qualidade, chama-se ProAzul. Outra opção é alugar, as lojas fazem descontos se você pegar as roupas por 3 dias ou mais. Se você planeja fazer uma viagem para neve no futuro, eu realmente recomendo comprar, sairá mais barato do que ficar alugando e também te poupará tempo.

Equipamento de ski/snowboard: dá pra comprar usado na La Bolsa Desportiva, loja no centro. E também no grupo do facebook “Compra y Venta Bariloche”. Mas se você nunca esquiou e que apenas brincar 1 ou 2 dias, recomendo alugar. A loja de locação que mais gostei no Cerro Catedral foi o Sextuple. Recomendo pedir as botas de ski Salomon que são mais confortáveis. Não se preocupe, eles fazem tudo pra você, te deixam com a bota no pé arrumadinha. Na montanha, você aluga o equipamento e capacete em uma loja e os goggles em outra – uma chatice. Mas enfim, pegue os goggles primeiro para não ter que ficar andando com as botas de ski que são pesadas e difíceis para caminhar;

Outros Passeios e Atividades

O Circuito Chico (circuito pequeno) é um passeio por um trajeto de 65 km ida e volta até o centrinho de Bariloche. Ele leva cerca de 1h 45min para ser percorrido de carro, mas acrescentando as paradas, deve planejar umas 5h.

circuito chico
Mapa Trajeto Circuito Chico

Estávamos com carro próprio, mas é possível fazer o passeio de ônibus, passeio privado, ou até de bicicleta. Ao longo do trajeto há vários mirantes ao lado da estrada, não precisa verificar com antecedência onde eles ficam pois não tem como não vê-los. Também gostamos de parar logo após as pontes para ter uma visão mais aberta do lago. Outras paradas importantes são: Colonia Suiza e Cervejaria Patagônia, recomendo uma parada de cerca de 1-2h em cada.

20190826_124807
Vista Mirante Circuito Chico, Bariloche

Para a Cervejaria Patagonia, é recomendado reservar um horário para poder fazer uma degustação e não esperar na fila (também porque há horários específicos para fazê-la). A vista de lá é lindíssima. A única maneira de fazer uma reserva é por este email: tours@patagoniabrewingco.com

Eles demoraram para nos responder, recomendo enviar uma mensagem com alguns dias de antecedência.

20190818_161602
Vista Cervejaria Patagonia

A Colonia Suiza é uma vila de descendentes de Suíços que vieram morar nessa região há muitas décadas atrás. Ela me lembrou um pouco minha terra natal, no interior de SC (onde os moradores são descendentes de alemães). Isso porque o visitantes podem encontrar diversos produtos artesanais e ótimas comidas tradicionais que são passadas de geração a geração.

São cervejas, vinhos, geléias, animais da região (truta – que nos rios glaciares fica parecida com um salmão em cor, textura e sabor – cordeiro, etc), chocolates, entre outros.

Eu gostaria de destacar uma comida em especial, chamada Curanto, por sua curiosa forma de preparação. Comemos o curanto feito pela associação dos moradores, na praça central. Há restaurantes que também servem, mas escolhemos esse que podemos ver a preparação do alimento.

Na base está o fogo e uma camada de pedras (que aquecem). Depois são colocadas camadas de galhos e comida (batatas, cenoura, abóboras e carnes). Por fim, um tapete/manta e alguns quilos de barro. Tudo fica ali enterrado por horas, cozinhando à vapor.

É surpreendente a quantidade de comida produzida nesse espaço. Produziu mais de 100 pratos de comida. O Darin e eu dividimos um prato e foi comida suficiente para satisfazer ambos. Então esse espaço de 1,5 m² consegue alimentar mais de 200 pessoas.

Me pareceu que as carnes foram previamente temperadas e os legumes não. A comida é servida com um purê de abóbora bem temperadinho. Adicionei um pouco de sal nos legumes e gostei bastante deles com o purê. A textura dos alimentos estava perfeita! Desmanchavam ao serem tocadas pelo garfo, porém ao contrário do que acontece quando são cozidos em água, ainda tinham firmeza e sabor. Super recomendo!

O Darin foi o degustador de cervejas e eu de chocolates. As cervejas favoritas do Darin foram a Patagonia 24.5 e a Blest Hop Shot. O melhor chocolate da região foi da Mamushka, mas ainda não troco o Milka por ele, Milka ainda é melhor.

IMG_9176
Cervejas e Chocolates Artesanais, Bariloche

A estação de Ski também superou as expectativas. Maior e melhor estrutura que as estações do Chile. Altura menor do que as estações Chilenas, mas mesmo assim vista de cima das nuvens. Sem falar a vista do lago, de tirar o fôlego. Boa neve e manutenção por parte da estação, só temos elogios. Bom, os Argentinos furavam a fila para pegar a cadeirinha, essa é nossa reclamação (rs). Não sei como é o movimento em Julho, já planejamos ir em Agosto para não pegar a cidade abarrotada e pensamos que deu certo.

A questão da internet, para nossos leitores nômades, procure ficar do centro até o km 4 da Avenida Bustillo, pois até esse ponto há conexão de fibra (Agosto de 2019).

Para quem quer vir com foco em esquiar, fique na base do Cerro Catedral.

O Darin encerra essa visita satisfeito, depois de não ter esquiado por 7 anos, esquiou 12 dos 30 dias que ficamos. Dá gosto de ver a felicidade desse menino!

20190820_114904
Darin em seu habitat natural, a neve

E ainda recebemos a visita de um casal mais que especial pra nós!

20190825_150240

Não poderia ter sido melhor.

Abraços Itinerantes!


Ainda não tem uma conta no Airbnb? Use nosso cupom de indicação e ganhe um desconto de 46 dólares em sua primeira hospedagem =)

1 Comment

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s